No Brasil, foi criado o Grupo Técnico para acompanhamento das Metas e Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, com participação de diferentes órgãos do governo federal, entre eles, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que, até 2014, publicou cinco relatórios de acompanhamento dos ODM no país.

Outras duas importantes iniciativas foram o Prêmio ODM, lançado em 2004 para incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos objetivos, e o Portal ODM, criado em 2009 com foco no acompanhamento regular da situação dos municípios brasileiros quanto às metas.

A essa agenda também se seguiram diversos eventos para debater os padrões de desenvolvimento mundiais. Entre eles, está a Conferência Rio+20, realizada em 2012 no Rio de Janeiro, que foi um novo marco para acordos internacionais sobre desenvolvimento sustentável.

De acordo com a ONU, um dos principais resultados da Rio+20 foi o acordo de estabelecer um conjunto de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS. Estes foram construídos tomando os ODM como referência e convergiram para uma agenda global de desenvolvimento estabelecendo o ano de 2030 como seu horizonte.